migso – white star

2009.Dec

02′11”
music: 2004, video: 2009
Track 30 from ZOOG audio cd, ed. Variz.org, 007den, 2006

migso – kimal

2009.Dec

02′17”
music: 2006, video: 2009

migso – hickbox

2009.Nov

03′28”
2009

migso – ch_loop

2009.Nov

02′58”
2009

migso – musicbox01

2009.Sep

02′48”
2009

Categories : migso  music videos
Tags: ,

migso – micwah01

2009.Sep

13′00”
2009

(watch a 2′48” excerpt)

Categories : migso  music videos
Tags: ,

migso – abatab

2009.Aug

02′22”
2009

migso – abatab
(click to hear or right-click to download)

Categories : migso  mp3 downloads
Tags: , ,

migso – g.glas

2009.Aug

02′57”
2009

migso – g.glas
(click to hear or right-click to download)

Categories : migso  mp3 downloads
Tags: , ,

Velocidad de Luz Variable, Biblioteca Histórica de la Universidad Complutense, Madrid

2009.May

Velocidad de Luz Variable, Madrid
Visual 09 – Festival Audiovisual de Majadahonda
curated by Alexandre Estrela

May 23 > 29, 2009
Biblioteca Histórica de la Universidad Complutense de Madrid
Madrid, Spain

exhibited works:
vlanta
wabane
bogless
lakeloop
mp rlan

related links:  Velocidad de Luz Variable at visual-ma.com

.

(…) O último autor deste alinhamento, Miguel Soares, é um artista que desde sempre acompanho e com o qual divido atelier/ Oporto. Para além destes dados pessoais que tornam a minha escolha claramente facciosa, Miguel Soares é um pioneiro na criação meticulosa de universos digitais.
Este demiurgo digital, cria mundos utópicos distintos (dependentes do programa que usa) controlando desde as leis gerais aos mais ínfimos pormenores. Tudo gravita em torno de narrativas insólitas e performances cujo o absurdo revela um profundo sentido existencial e poético.
Cada um dos trabalhos concebidos por estes artistas é, parafraseando Melo e Castro, um ponto luminoso, criado com precisão laboratorial para mundos suspensos auto‑suficientes.
Juntá‑los transversalmente neste novo contexto, apesar de um acto profano, ajudou‑me a formar uma constelação subjectiva do que poderá ser uma sensibilidade e uma prática experimental em Portugal.
Alexandre Estrela— Lisboa 2009. from the catalogue (excerpt)

velocidade-luz-v

Categories : exhibitions  group   migso   texts
Tags: , ,

Geolux, Centro de Artes Visuais, Coimbra

2009.Apr

solo show
curated by:  Albano da Silva Pereira

April > June 2009
Centro de Artes Visuais
Coimbra, portugal

list of works:

video

prints

other

.

A exposição ”Geolux” de Miguel Soares surge no contexto do programa que o Centro de Artes Visuais – Encontros de Coimbra tem fomentado de divulgação da obra de artistas portugueses a meio de carreira com projectos pensados especificamente para esta instituição.

Com um percurso iniciado no princípio dos anos 90, Miguel Soares (Lisboa, 1970)  tem vindo a desenvolver um trabalho que se centra em preocupações relacionadas com a tecnologia e a criação humana (onde a ficção científica tem particular relevo), a relação entre arquitectura e design, assim como a ecologia e a geografia. Existe paralelamente uma constante pesquisa em torno das questões de percepção e dos processos de criação de uma imagem.

Utilizando uma miríade de referências que vão da arte conceptual à música erudita, da ficção científica à tecnologia mais avançada, na presente exposição Miguel Soares apresenta um universo visual que gira em torno da Geografia, da Geologia e da Luz. ”Geolux” reúne obras com diferentes preocupações e temáticas datadas entre 2006 e o presente e apresentará dois vídeos inéditos que propõem, com base em composições musicais criadas pelo artista, uma animação 3D que foca a reacção de objectos abstractos ao som.

Se aparentemente as suas obras propõem sistemas paralelos, quer sejam artificiais quer sejam fictícios, na verdade, a sua intenção é a de propor uma nova forma de conceber a realidade e de alterar a percepção desta. Neste sentido, as suas obras sugerem um novo modo de pensar e de ver o mundo.

A obra de Miguel Soares tem um lugar singular na criação contemporânea portuguesa. Diversa e profundamente criativa, é capaz de simultaneamente apresentar situações de uma enorme simplicidade, como aquela em que mostra os locais onde o artista conceptual Bruce Nauman expôs no ano de 2007 (Jumping Nauman, 2007), ou lâmpadas de jardim transformadas em planetas através do simples manipular da abertura do diafragma (Planets, 2008) até à morosa e complexa desconstrução do Concerto de Brandeburgo e a criação de uma nova música que comprova o autismo do seu interprete mais famoso Glen Gould (untitled (Playing with Gould playing Bach), 2007).

Miguel Soares foi o vencedor do Prémio BesPhoto 2007 e o seu trabalho de vídeo foi alvo de uma exposição antológica na Culturgest nesse mesmo ano.

Albano Silva Pereira

.

IMG_4995

IMG_5041

IMG_5045

IMG_5001
IMG_4772

IMG_5022

Categories : exhibitions  solo   texts
Tags: , , , ,

Estética Solidária

2009.Feb

curated by: Paulo Reis

Feb 19 -28, 2009
Palácio do Marquês,
Lisbon, Portugal

n540899852_2122130_5215

Categories : exhibitions  group
Tags: ,